quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Upside Down Cranberry Cake

Lindo por do sol, apesar da chuva

Melhor postar alguma coisa nova, ou tera passado Natal e Ano Novo e ainda estarei parada num post envelhecido de Novembro.
Os posts por aqui andam raros, assim como o tempo, muita correria nesta epoca do ano, bem comum a todos.
Este bolo de cranberries fiz numa tarde chuvosa e fria. Delicioso e bonito (a foto esta pessima e nao faz jus a ele), mas com tempo escasso, nao se pode perder tempo procurando melhor angulo e luz.
Para quem gosta de bolos nao muito doces e com leve toque de azedo da fruta, este é o bolo.



Upside Down Cranberry Cake

Para colocar no fundo da forma:
3/4 de xícara de açúcar cristal (uso cru)
2 3/4 xícara de cranberries frescas
raspas (zest) de uma laranja

Massa
1 1/2 xícaras de farinha de trigo
2 colheres de chá de fermento em pó
1/4 colher de chá de sal
4 colheres de sopa de manteiga sem sal, temperatura ambiente
1 xícara de açúcar granulado (usei cristal cru)
1 colher de chá de extrato de baunilha
2 ovos, separados (claras em neve)
1/2 xícara de leite

Usei forma redonda de 22cm.
Para fazer o fundo de cranberries, misture-as com as raspas da laranja e coloque uniformemente no fundo da forma. Leve o açúcar numa panela ao fogo medio ate formar um caramelo claro e ralo. Quando a mistura começar a caramelizar, coloque sobre as cranberries. Reserve.
Pré-aqueça o forno a 180º ou 350ºF.

Para fazer a massa do bolo, peneire a farinha, o fermento em uma tigela.
Na batedeira, bata a manteiga, o açúcar e o sal até ficar fofo. Misture a baunilha. Adicione as gemas, uma de cada vez, raspando as laterais da tigela para se certificar de que está completamente incorporado. Aos poucos, junte os ingredientes secos e o leite em etapas ate estar bem homogeneo. Junte delicadamente as claras batidas em picos firmes. Coloque a massa sobre as cranberries e leve a assar por cerca de 40 a 50 minutos. Deixe o bolo efriar por 15 minutos. Passe uma faca ao redor da borda da forma e inverta o bolo sobre um prato. Sirva com creme chantilly adoçado levemente aromatizado com um licor de laranja, se quiser.

Passaro sobrevoando Redwood Shores

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Happy Thanksgiving!!!

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

crustless pumpkin cheesecake - cheesecake de abóbora sem crosta

Gosto muito de cheesecakes, mas não aprecio nada a crosta de biscoitos, que acho não combina nada com a cremosidade do cake em si. Quando como cheesecakes sempre acabo deixando os farelos da crosta no prato.
Com muitas abóboras maduras a disposição, queria fazer um cheesecake sem crosta para servir no jantar de Thanksgiving. Mas para isso quis testar antes e ver se resultaria bem, para evitar vexame. Olhei varias receitas, alterei aqui e ali, e acabei chegando nessa. Ficou muito bom e cremoso, e claro, lembra mais um pudim. Mas atingi meu objetivo e eliminei a crosta que foi substituída por calda de caramelo, que combinou muito bem com as especiarias e a abóbora. As alterações que farei no proximo, sera aumentar a calda e ter mais cuidado ao desenformar.

Este fiz há 2 semanas, e adoçou a comemoração de mais um aniversário de casamento, e as fotos não estão boas, mas da pra ter ideia de como ficou.

Cheesecake de abóbora sem crosta, com calda de caramelo
Ingredientes para o caramelo
1 1/4 xic. de açúcar - usei cristal amarelo
1/4 xic. de agua
Para o cheesecake
1 lata de leite condensado
1 xic.(220ml) de leite de coco
300g de cream cheese, amolecido em temperatura ambiente
450 g de pure de abóbora (fiz pure bem enxuto com fairy tale pumpkin)
2 ovos grandes
2 colheres (sopa) de amido de milho
1 colher (chá) de canela moída
1/4 colher (chá) de cravo moído
1/4 colher (chá) de gengibre em pó
2 colheres (chá) de extrato puro de baunilha
1/4 colher (chá) de sal

Preparo:
Fazer a calda de caramelo e forrar fundo e lados de sua forma preferida. Reservar.
No liquidificador, bater muito bem todos os ingredientes.
Despejar na forma caramelada, e levar a cozinhar em banho-maria no forno por 1 hora ou 1hora e quinze minutos. Teste o cozimento pressionando o meio do cake que deve estar levemente firme. Retire do forno e retire a forma da agua do cozimento, deixe esfriar completamente e leve a geladeira por no mínimo 5 horas antes de cortar.

domingo, 14 de novembro de 2010

chunky applesauce - doce de maçãs

Tive uma amiga em Boston que não costumava cozinhar - sempre muito ocupada como professora na Harvard - mas todo ano na temporada da maçã, fazia o melhor applesauce que já comi. Nessa época quando a visitava, saiamos pra jantar fora, mas deixava-mos pra comer a sobremesa em casa, o imperdivel applesauce! Que era servido bem quente, acompanhado com sorvete de baunilha.
Ela me disse que tinha o maior prazer em prepara-lo, especialmente para as duas filhas, pois era uma tradição familiar que queria perpetuar. De fato ela o preparava de maneira bem tradicional, usando uma maquineta antiga que tinha herdado para descascar as maçãs que depois eram cortadas em pedaços grandes e cozidas num tacho de cobre. E eu o prefiro assim, bem pedaçudo 'chunky'.
Applesauce é um doce de maçãs muito popular e fácil de preparar, pode ser pouco calórico dosando-se a gosto a quantidade de açúcar no preparo. Alem do que bastante barato em época de maçãs em abundância.


Por agora as maçãs estão por toda parte, lindas e doces. Alem de come-las em natura, tenho feito esse doce que é favorito pela versatilidade. Pode ser uma sobremesa em si, elevado com uma bola de sorvete, recheando crepes fininhos, acompanhando fatias de bolo, sobre panquecas no café da manha, dando sabor ao mingau de aveia, etc. Também em forma de pure pode ser acrescentado à massas de bolos e pães apara deixa-los mais húmidos, perfumados e diminuir o uso exagerado de ovos nas receitas.
Ingredientes:
12 maçãs lavadas e descascadas* - cortadas em gomos grandes (**usei 10 Fuji + 2 Pink Lady)
1 xic. de apple cider (suco de maçã com especiarias) ou agua.
1/2 xic. de açúcar cristal amarelo
3 paus de canela
5 cravos-da-índia
Preparo; Numa panela de fundo grosso, levar todos os ingredientes a ferver em fogo médio por mais ou menos 20 minutos. Desligar o fogo e manter a panela tampada ate esfriar. Depois de frio manter refrigerado. Se quiser servir quente, basta aquece-lo novamente.

*as cascas retiradas das maçãs, coloquei num saquinho de tecido de algodão próprio pra uso culinário e deixei cozinhar junto, que espremi e retirei no final do cozimento. Mas isso é absolutamente opcional.
**macas organicas e regionais.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

persimmon - caqui - diospiro

Outra delicia do Outono. Estes são da variedade 'Fuyu'.




terça-feira, 9 de novembro de 2010

cranberry sauce...e Outono a passos largos

Outubro passou voando, felizmente cheio de coisas boas. Novembro esta se adiantando rápido, e daqui a pouco, mais um ano já terá passado.
A chegada das canberries é mais um indicio do Outono na sua plenitude, e sinal da aproximação dos holidays festivos. Aqui em casa gostamos tanto de cranberries frescas que mais do que eu, meu marido esta sempre de olho e perguntando se as elas já estão chegando ao mercado. E nem esperamos Thanksgiving para estrear nossos típicos cozinhados com elas.
Este foi o primeiro batch dessa temporada. Mas muitos mais virão, com certeza!





Receita do cranberry sauce, aqui

terça-feira, 28 de setembro de 2010

blondie com cachaça

Já faz algum tempo, vi esse 'blondie' no muito bem feito blog The Cookie Shop, e o fiz de imediato. Gostamos muito, mas não fotografei nem publiquei. E numa ida a São Paulo, também comprei esse livro de onde a receita se origina. O tempo passou, e outro dia organizando armários, achei uma barra de chocolate branco precisando de destino e me lembrei desse blondie. Peguei o livro, fiz novamente e foi perfeito! Também pude usar parte da boa cachaça trazida pela querida amiga que veio nos visitar recentemente.
Levei-o inteiro com forma e tudo a um encontro com amigos, e quando lembrei de fotografar já cortado, era tarde demais, os quadrados desapareceram em instantes.
É mesmo bom e fácil, muito fácil de fazer.Ingredientes:
200g de chocolate branco
100g de manteiga
320g de açúcar (usei açúcar cru e reduzi para 250g)
3 ovos (usei grandes)
2 colheres de sopa generosas de cachaça envelhecida
140g de farinha de trigo
1/2 xícara de amendoim torrado (usei pecans picadas levemente tostadas)

Preparo:

Pré aqueça o forno (180°C / 356 °F) e unte a forma com manteiga e forre com papel próprio para assar. (usei forma retangular 20 x 28 cm).
Derreta o chocolate e a manteiga (em banho-maria). Bata essa mistura com o açúcar. Adicione os ovos, a cachaça e misture bem. Acrescente a farinha e o amendoim.
Leve ao forno por cerca de 35 minutos. Teste com um palito para ver se está pronto – o palito não deverá sair molhado nem seco, mas com uns gruminhos grudados. Deixe esfriar na forma e corte em quadrados.

Rende 16 pedaços



Outono por aqui começando com onda forte de calor, e ainda muitas, muitas flores.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

chocolate flan


Esse blog anda tao esquecido. Daqui a pouco ja poderemos ter neve de inverno. E de fato por aqui o Outono ja vem dando sinais de sua chegada, com dias mais curtos e noites bem frescas. Ando sem tempo (leia-se sem disposicao para o blog), mas continuo a esquentar minhas panelas. A parada com o blog tem sido proposital, pois o criei para ser uma coisa prazerosa e nao obrigatoria. E as vezes me envolvo com outras coisas que sao tambem prazerosas e que necessitam mais minha atencao. Mas nao tenho esquecido de ler os blogs que gosto, e gracas aos gadgets eletronicos os recursos sao muitos para ter acesso e ler, nao importa onde estamos. Nesse meio tempo, recebemos visitas queridas, saimos por ai para passear, enfim, nos divertimos muito e aproveitamos bem o verao.
Tenho uma lista enorme de coisas novas que ainda quero publicar, mas isso demanda tempo e disposicao...entao ficarao pra outra hora, mais pra frente.


Flan de Chocolate
para a calda de caramelo:
1 xic. de acucar (uso cristal cru)
1/4 xic. de agua
para o pudim
2 xic. de  creme de leite (fresco)
1 xic de leite integral
1 xic. de acucar
100g dark cooking chocolate, picado (ou use chocolate em po)
3 ovos + 2 gemas
1 colher (cha) de canela moida
1 colher  de extrato de vanilla

Preparo:
Faca a clada levando o acucar e a agua a ferver ate o ponto de caramelo dourado. Coloque o caramelo na forma de pudim e espalhe bem no fundo e bordas. Reserve.
Bata os ingredientes do pudim no liquidificador e derrame na forma caramelada. Leve para cozinhar em banho-maria no forno (185ºC / 365ºF) por aproximadamente 50 minutos. Retire do forno, remova a forma do pudim da agua do cozimento, deixe esfriar. Depois de frio coloque na geladeira por no minimo 4 horas. Para desenformar, passe uma faca em torno do pudim e vire sobre o prato de servir.
Fica otimo servido com morangos frescos.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

neve no verão

Sempre aproveitamos o verão para sair por ai e descobrir lugares e paisagens ainda não vistos.
Mês passado (Julho) pegamos a estrada para conhecer lugares lindos, mais ao Norte. Calor de acima dos 98ºF / 36ºC na bonita Redding com a moderna e transparente  'Sundial Bridge' - ponte só para pedestres, num dos braços do Sacramento River, de águas geladas e cristalinas . Algumas milhas mais ao Norte, hiking no McArthur-Burney Falls Memorial, e viajando mais acima, bastante neve nas montanhas altas do Lassen Vulcanic National Park. Fomos informados que 4 dias antes da nossa chegada, algumas estradas no interior do park haviam sido fechadas por causa do acumulo de neve. Por sorte no dia da nossa visita, estavam todas abertas, céu azul e aproveitamos bem o passeio lindo, com imagens e vistas de tirar o fôlego (fotos).
Pra quem gosta de passeios assim e quer saber mais,  aqui.

















segunda-feira, 19 de julho de 2010

Marble Cake



Agora o calor chegou pra ficar, e eu adoro. Se bem que aqui na SF Bay Area o calor nunca e demasiado, e tem sempre nevoeiros vindos do Pacifico que refrescam as noites e manhas, funcionando como ar condicionado natural.
E o melhor dessa época e poder estar fora ao ar livre. Tem coisa melhor?!
Então as postagens que já andam escassas tende a piorar. Mas sempre que puder e o tempo sobrar, aqui estarei.
Este bolo fiz numa Sexta-feira, pois ia ter visitas no Sábado e queria ter algo alem de sorvetes e frutas para oferecer.
A receita original não leva calda, mas fiz uma calda de chocolate com licor de cereja, que combinou bem.

Ingredientes:
2 tabletes de manteiga (250g)

2 xícaras de açúcar

1 ¼ colher de chá de extrato de baunilha

4 ovos

2 ½ xícaras + 2 colheres de sopa de farinha de trigo

6 colheres de sopa de amido de milho

1 colher de sopa de fermento em pó

½ colher de chá de sal

1 xícara de leite

1/2 xícara de sour cream

100g chocolate meio amargo derretido

Pré aqueça o forno a 350 °F/175 ºC.
Unte uma forma funda e forre o fundo e laterais com papel manteiga cortado para caber.

Preparo:
Na batedeira, bata a manteiga e o açúcar em velocidade alta até obter cor clara e fofa.
Adicione os ovos, um a um, misturando bem após cada adição
Peneire juntos a farinha, o amido de milho, o fermento e o sal sobre um pedaço de papel manteiga.
Misture o leite e a baunilha.
Adicione os ingredientes secos e os ingredientes líquidos alternadamente à massa, terminando com os ingredientes secos.
Divida a massa em partes iguais em duas tigelas e misture o chocolate derretido em uma delas.
No tabuleiro ou forma preparada, coloque a massa de baunilha, em seguida a massa de chocolate em colheradas aleatorias sobre a massa branca.
Use o cabo de uma colher em redemoinhos suavemente através das duas cores de massa para obter o efeito marbelized, mas não demasiado, ou você vai perder o efeito completamente.
Asse por 35 minutos ou mais (cheque após 35 minutos e depois), até que um palito inserido no centro do bolo saia limpo.
Deixe o bolo esfriar na forma por cerca de 15 minutos, depois vire o bolo sobre uma grade para esfriar completamente.

Calda (opcional):
1/2 xic. de açúcar,
3 col. de sopa de manteiga
1/2 xic. de chocolate em pó (usei 75% cacau)
1/2 xic. de leite 
Juntar todos os ingredientes e levar a ferver ate ficar com espessura de xarope. Tirar do fogo e acrescentar 2 col. de sopa de licor de cereja.
(Usei um palito de bambu para furar o bolo antes de cobrir com a calda).

Nota: Se preferir, essa receita pode render 24 cupcakes.