terça-feira, 1 de setembro de 2009

Pampas



Sábado fomos jantar na Pampas Palo Alto, que foi aberta ano passado. Coincidentemente bem perto do trabalho do Geo. Já tinhamos planejado ir antes, mas só agora deu certo. Pelo nome já se imagina uma churrascaria. E é. Ou esta bem perto de ser. Conforme expliquei ao casal de amigos, nossos convidados, o restaurante lembra bastante uma churrascaria brasileira, mas esta um pouco longe se ser uma autentica. Na realidade, não vi nenhum brasileiro trabalhando nela, e acho que isso faz diferença. Mas eles gostaram muito, e pra quem nunca foi a nenhuma outra, essa ate que impressionou bem.
O restaurante é bonito, com decoração moderna, serviço atencioso, boa seleção de cachaças e muito bons vinhos. Tem musica ao vivo -predominantemente brasileira - tocada por uma pequena banda no lounge/bar. Alem do rodizio de carnes e side bar -saladas e guarnições- no menu do jantar, tem ainda menu a La Carte. Percebemos que a casa tem boa clientela e é necessário fazer reservas.
Esta foi a terceira churrascaria que conhecemos aqui na Bay Area. Muito embora George goste muito, na maioria das vezes, nossas idas a churrascrias e para introduzir a amigos que ainda não conhecem o Brasil, algo típico de la.
Apesar de não ser uma especialista na área, ainda acho que a Espetus de SF é a melhor e mais próxima do conceito original. Agora falta irmos na Maceio, que acabou de ser aberta em dowtown San Jose. Esta, descobrimos en passant, durante o San Jose Jazz Festival - fomos convidados a entrar para conhecer a casa. Na ocasião não ficamos para comer, pois havíamos acabado de jantar nas proximidades, então vamos ter que voltar um outro dia.

Não sou grande apreciadora de churrascarias, embora tenha ido a elas mais do que gostaria. Morando no Brasil é quase impossível escapar delas, pois até vegetarianos vão e ficam bastante satisfeitos com o buffet de saladas e afins.
Sem contar os frequentes almoços de negócios, esses na maioria com homens, que invariavelmente ou sempre que podem optavam por churrascarias.

Mas enfim, churrascaria pode não ser minha preferência, mas como George gosta, e levamos amigos, vou alegremente e não chega a ser nenhum sacrifício.

9 comentários:

Cris disse...

Oi Odete... pensei que você estivesse nos nossos pampas heheh. Beijos!

ameixa seca disse...

A comida tem super bom aspecto, não conheço churrascaria brasileira mas não deve ser nada mau :)

Magia na Cozinha disse...

Odete vc acreditaria se eu dissesse que, embora sendo gaúcha, não sou uma grande apreciadora de churrasco?
Pois é, nunca fui fã.
O pessoal no sul tem colesterol alto, em geral, pelo excesso do consumo de carnes.
Aqui na Florida a melhor que tem é a Texas de Brasil. É muito boa, mas cara. Em geral, se vai em ocasiões especiais.
Bjs :)

Gina disse...

Odete, gostamos das churrascarias, mas evitamos a ida com frequência, porque há uma tendência ao exagero... É uma variedade tão grande, que fica difícil resistir.
Com amigos e ainda mais fora do Brasil, é bom conhecer esses restaurantes e matar a saudade um pouco desse estilo tão nosso de servir. Mas que etá faltando brasileiro aí, está, não é?
Bjs.

Iliane disse...

oi amiga..bonito o lugar!!eu..sou uma carivora assumida mesmo..mas..vou pouco a churrascarias aqui em São paulo..alem da variedades de carne..há aquela profusão de todo tipo de comida no buffet!dai..a gente come com os olhos..belisca tudo..rss..só para conhecer sabores..e..quando o churrasco chega na mesa.. a gente j´[a comeu tanto..que só come alguns pedaços de carne..mas..aho o maximo as churrascarias daqui de Sampa..bjus

Vivian disse...

Odete, realmente, por aqui vamos mais do que gostamos à churrascaria, mas qdo estamos fora do Brasil sentimos a maior falta das carnes suculentas. Eu vou toda semana, então, as vezes nem pego carne, fico só com o bufê q já é completíssimo e nem precisa de mais nada pra me satisfazer.
Adorei o aspecto da sua sobremesa. Estava boa?

Sobre os kits de scrap, por aqui dá até raiva do preço, mas qdo pensamos nos altos impostos cobrados sobre esse tipo de produto a gente até q se conforma um pouquinho rs.
Ano que vem quero dar um pulinho aí nos EUA. Já estou fazendo a lista das coisas q quero comprar por aí q são extremamente caras aqui e to chegando à conclusao q terei de viajar sem bagagem, senão não consigo trazer td q quero rs.
Quem sabe, a gente possa até se conhecer.


bjks

inspirações da Jô disse...

Mas fala sério: quem resiste a essas tentações?
Eu tô olhando e engolindo saliva com essa carninha suculenta aí da foto...
Beijos!!!!!!!!

Eduardo Luz disse...

Tá parecendo a Dé. Quando vamos ( e não são muitas vezes) ela s;o come salada!! rsrs
O problema por aqui é que a maioria delas está se transformando em multicozinhas : tem peixes, comida japonesa, baiana, húngara, etc. rsrs
Legal ver as tâmaras.
Abs.

Lany disse...

Detinha queridaaaaa

Estão lindas as fotos...espero que tenha sido apetitoso tb...o que não duvido...
Passando para dar oi a amiga.
Bjkas