terça-feira, 26 de maio de 2009

pastrami


Pastrami é bem popular em NY. E quando la fui morar virei fã de carteirinha. Nas Delis de la, o sanduiche costuma ser feito com pão rye, acompanhado de picles de pepino e salada de repolho. Também mostarda de boa qualidade.
O pastrami foi introduzido na América em meados do século 19, por imigrantes judeus originários da Roménia. A palavra pastrami vem do Yiddish.
Por bom tempo havia parado de comprar pastrami por não encontra-lo feito sem adição de Nitrite - que é comummente adicionado a carnes conservadas. E que não é nada bom para a saúde.
Felizmente consegui encontra-lo sem essa adição, e ja posso de quando em quando me deliciar com essas fatias a casar bem com meu favorito ciabatta. Outra opção e fazê-lo em casa, receita aqui. Bem, ainda não me animei tanto para chegar a esse ponto. Mas quem sabe!

15 comentários:

Goreti disse...

Odete, acabei de passar no blog da , onde tem receita de um pão Ciabatta, venho aqui e dou de cara com esse sanduba de pastrami. Amiga, logo cedo é demais é demais pro meus delírios, Vou a Sampa amanhã, aproveito pra dar uma passadinha no mercado da Cantareira e pegar o meu.

Beijos!!

Mari disse...

Amadinha, eu também acho o pastrami uma delícia... mas aqui no Brasil, infelizmente, só o encontramos com adição de nitrite, e eu também não gosto de comprar nada que tenha conservante... as vezes não tem como fugir disso, mas dando pra evitar, a gente evita, não é??
Que bom que por aí você consegue encontrar a versão saudável dessa delícia!!! Fazer em casa... ai, também nao me animo nao... ainda!
Beijo enorme

Mari

Natércia disse...

Odete minha querida está de comer e chorar por mais. Um beijinho...

ameixa seca disse...

E eu achava que era originário da Itália. Estamos sempre a aprender :)

Eliana Scaramal disse...

Que belo sanduiche é bem do jeitinho que gosto.


www.saboresdalica.blogspot.com

Magia na Cozinha disse...

Um sanduíche gostoso sempre cai bem, ainda mais com Ciabatta. Adoro!
Na minha última ceia um bom sanduíche seria uma das minhas opções favoritas!
Bjs :)

Sylvia disse...

Eu parei de comprar pelo mesmo motivo, apesr de adorar pastrami.Vou ver a receita e ver se faco em casa
Beijos

Marcia disse...

Odete
Fui, voltei e não encontrei você... que pena!!!
Mas a viagem foi ótima e vou postando agora o que aconteceu nests ultimo mes. Espero pelas suas intervenções.
ps. não casamos, mas fizemos uma foto em Las Vegas como se...
bjos

Cris disse...

Oi Odete, acho que aqui estamos longe de encontrar frios assim... também achava que era italiano hehe. Blog é cultura. Beijos!

Fabrícia disse...

Odete querida você pegou no meu ponto fraco...presuntos, defumados, embutidos .... ai que tentação.
Bjs.

Edardo Luz disse...

As vezes fazemos receitas cheias de ingredientes e de repente, um belo sandubão de pastrami é mai do que suficiente.
Abs.

inspirações da Jô disse...

Odete querida!!!!Que saudade!!!!!
Vim aqui matar a saudade e me deparo com algo assim tão suculento;nunca experimentei, mas parece ser delicioso!!!!
Bjs.

Armando e Fátima disse...

Aqui em Portugal não é muito conhecido o Pastrami, mas fiquei muito curiosa por saber mais.Ainda bem que foge dos alimentos não são saudáveis. Há dias lembrei-me de si a propósito de um artigo que li àcerca do leite de vaca e seus derivados. Será que o conhece?
Bjs. Bombom

Gina disse...

Oi, Odete!
Finalmente publiquei o seu bolo de chocolate. Fiz para o aniversário do meu marido, porque ele e a filha gostam bastante de chocolate.
Bjs.

Vivian disse...

eu sou da opiniao de que existem coisas que nao adianta fazer em casa, é bem mais rápido, simples e prático pegar no mercado rs



bjks