quinta-feira, 16 de outubro de 2008

kapros-túrós lepény / dill hungarian cheesecake




Esse era o bolo favorito do Sr. Istvan, meu sogro, que infelizmente já não esta mais entre nos.
A massa leva fermento de pão, e é coberta com uma mistura de ricotta, sour cream, açúcar e dill fresco. Costuma ser bastante comum nos lanches das tardes de Domingo, na Hungria. Não é muito doce e acompanha bem uma xícara de chá ou café.
Essa e a primeira que fiz. Na realidade queria fazê-lo no Domingo de manha, mas o fermento que tinha em casa simplesmente não cresceu (perdi só 1/2 xícara de leite) e esqueci temporariamente o assunto. Mas hoje não me escapou, e o resultado não decepcionou.

Ingredientes
Para a massa:
1/2 xic. de leite
1 envelope (21 gr) de fermento seco para pão
1 col. (chá de açúcar
3 xic. mais 1 col. (sopa) de farinha de trigo
1/2 xic. de manteiga sem sal em temperatura ambiente
3 gemas de ovos - grandes

Para o recheio:
3 xic. de ricotta fresca
3/4 xic. de açúcar
3 ovos grandes, ligeiramente batidos
1/4 xic. de sour cream - ou iogurte
3 col. (sopa) de dill fresco picadinho (descarte os talinhos duros e use só as folhinhas)

Preparo:
Para fazer a massa, aqueça o leite só para ficar levemente morno. Coloque em uma tigela e junte 1 col (chá) de açúcar e 1 col. (sopa) de farinha. Deixe descansar por 10 minutos, a mistura formara uma espuma. Junte o restante da farinha, a manteiga, as gemas e misture bem. Se usar batedeira essa e uma massa para ser trabalhada com o gancho. Sove bem ate ficar bem homogénea. Cubra a tigela com um filme plástico e deixe num lugar morno de 30 a 60 minutos, a massa devera dobrar o volume.

Enquanto isso, prepare a cobertura. Numa tigela grande misture bem a ricotta, o açúcar, ovos ligeiramente batidos e sour cream. Junte o dill picado e reserve.

Quando a massa estiver crescida, pré-aqueça o forno, unte um tabuleiro de 25 X 35 cm, com manteiga - eu forrei com papel manteiga, acho mais pratico. A massa pode ser aberta diretamente sobre o tabuleiro ou se preferir pode ser aberta sobre a bancada e transferida para o tabuleiro, e deve cobrir o fundo e as beiradas com massa. Coloque então a cobertura e leve para assar na parte mais alta do forno, por 40 minutos. Esfrie sobre uma grade e corte em quadrados. Sobras do bolo devem ser mantidas refrigeradas.

28 comentários:

Filipa disse...

Tem muito bom aspecto e parece muito bom!

beijinhos

Mari Azevedo disse...

Odete querida, que pãozinho diferente!! O aspecto dele está lindo, parece muito, muito gostoso! Adoro experimentar coisas que nunca comi, e esse pão com certeza entrou para minha lista... com um asterisco para fazer em breve!!
Beijos!!

Kitty disse...

Oi Odete,

Lindo bolo. Mas tenho uma dúvida. Esse dill no Brasil seria o que?
Bjs
Kitty

Glau disse...

seu sogro tem mto bom gosto! linda esta torta..

bjos querida, glau

Miss Slim disse...

Olá
Adorei esta receitinha.

Parabéns

Bjo

Axly disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mónica disse...

Deve ser bem saboroso e fofo. Eu acho os pães com queijo uma delícia!
Beijinhos

Nani disse...

Achei uma delícia e super diferente do habitual, vi que puseste a foto do dill mas mesmo assim não consegui identificar, bjs

Natércia disse...

Odete minha linda o teu pãozinho está fantástico!Um beijinho...

Gourmandise disse...

Acredito que o dill combine bem com a ricotta. Diferente esta mssa - anotei a idéia.
bjos

ameixa seca disse...

Muito original :)
Nunca pensei num cheesecake salgado!

Eliana Scaramal disse...

Eu não conhecia essa receita e fiquei encantada!!

www.saboresdalica.blogspot.com

Tânia Saj disse...

Descendo de povos que usam muito o dill na culinária, porém, nunca tinha visto uma receita doce com ele....muito curioso...vou experimentar.
Bjs

Canela disse...

Muito interessante essa receita,nao conhecia,deve ser bem saborosa.
O aspecto é lindo como sempre.
Bj

Luciana Macêdo disse...

Este cheesecake combina mesmo com os lanches de final de semana. Para mim é uma receita diferente, nunca preparei nada com dill fresco. Depois de ver esta torta fiquei animada em experimentar.
Bjs!

Cris disse...

Olá Odete, receitas recheadas de histórias... conta mais, estou adorando!

Téia disse...

Odete, que original, bolo com dill, você inovou. Linda homenagem ao sogro, que com certeza ainda vive em seu coração. Lá do seu ele deve estar feliz. Bj grande.

Odete disse...

Obrigada a todas pelos comentarios.

Kitty & Nani, segundo o babylon, dill em potugues eh: Endro ou Aneto. Na realidade parece folhinhas de funcho ou erva-doce.

Beijinhos

Magia na Cozinha disse...

Que receita diferente! Nunca poderia imaginar o uso do dill numa sobremesa. Super original!
Eu adoro cheesecakes!
Bjs :)

Agdah disse...

Eu estou aqui com um monte de endro para usar e estava procurando uma receita interessante como essa sua.

Inspirações da Jô disse...

Apesar do nome difícil, é uma maravilha!!!!!Adorei!!!!!
Beijos e uma linda sexta pra vc!!!!

Suzana disse...

Odete, gostei muito desta ideia de cheesecake - bem original e certamente deliciosa. Só tenho pena de por cá o dill fresco não ser tão fácil de arranjar!

Bj grande

Laurinha disse...

Fiquei encantada com esta sugestão... sabores que me chamaram a atenção!
O dill deve ter dado um toque especial...

Beijinhos

Ana disse...

Bom, hein !!!??

Emília disse...

Oi Odete! Que receita diferente, adoro ver receitas novas, esse cheesecake ficou lindo!
Beijinhos

pimenta rosa disse...

linda a sua receita, e uma descoberta pois da cozinha húngara só conhecia mesmo o famoso goulash
bjs

Edy pinturas e artes disse...

Olá.... Gostei muito do seu blog e quero convidá-la para visitar-me. O que é esse "dill fresco" pode ser substituido?
Bjus.
Edmara.
- Aguardo sua visita nos meus blog’s:
- http://edypinturaseartes.blogspot.com
- http://edypinturaseartescomrevistas.blogspot.com
- http://enkantosdaboamesa.blogspot.com

Edilia disse...

Achei a receita interessante vou experimentar.
Convido para conhecer o meu bolg
Cantinho da Edilia.
Obrigado.
Edilia.