quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Spaghetti de Jerusalem Artichoke

Sou uma eterna curiosa. Agora que disponho de mais tempo, sempre que vou as compras estou xeretando por novidades e produtos de boa qualidade, que necessariamente tenham preços justos e não me levem a falência.
Descobri essas massas feitas com um tubérculo bem interessante, a Jerusalem artichoke, facilmente encontrado por aqui, e que é bem versátil e gostoso.
Traduzindo literalmente o nome, Alcachofra de Jerusalém ou Tupinambor, como explicado aqui , encontrando graças a ajuda do santo Google.

Paradoxo?! Sim, as alcachofras "normais" não são tubérculos e essas são.

Ok, vamos ao spaghetti, que por sinal é muito bom.

Cozinhei o spaghetti conforme instruções da embalagem.

Enquanto isso, fritei 2 fatias de bacon e depois deixei secando a gordura sobre papel toalha. Descartei a gordura soltada pelo bacon. Na mesma frigideira coloquei 2 col. (sopa) de azeite de oliva, 2 alhos espremidos e salteei um maço de agrião. Temperei com sal e pimenta moídos na hora.
Servi sobre o spaghetti, com as lasquinhas de bacon por cima.

22 comentários:

ameixa seca disse...

Essas alcachofras só podem ser abençoadas ;)
Bela pratada de massa! Adoro!

Nana disse...

Odete,

ficou maravilhoso e ótimo aprender coisas novas, essa não conhecia.
Bjs

Canela disse...

Bem adorei o recheio do prato e o proprio prato!
Bj

Inspirações da Jô disse...

Realmente spaghetti é tudo de bom!!!E essas alcachofras de Jerusalém são semelhantes as tradicionais, o paladar é parecido?
Enfim, tenha um excelente final de semana!!!!!!Beijo amiga!!!!
Bye!!!

Marula disse...

Uau, fiquei super curiosa! Também adorooo alcachofras!
Beijos!

Magia na Cozinha disse...

O aspecto ficou lindo!
Eu não resisto a uma boa massa!
Bjs :)

Agdah disse...

Êta que essa cozinha está a todo vapor...

Sylvia disse...

Nunca vi alcachfras de Jerusalem por aquiHa um tempo atrás descobri esse tuberculo, atravez de minha chef argentina preferida em uma de suas viagens gastronomicas, quando foi a Londres. Fiquei curosa, mas infelizmente nunca , talvez seja questao de procurar
Beijos

Leo Paixão disse...

Muito interessante. Eu entrei no link e me parece que esse espaguete é feito com o tubérculo dessa planta, que é mais pra girassol que alcachofra, né? Eu imagino o gosto que tem, já que a raíz é rica no carnohidrato inulina (cheio de frutose). Deve ser bem leve, é?
http://www.fuckinggourmet.blogspot.com/

Eduardo Luz disse...

Odete, afinal: qual é o gosto deste spaghetti ? Tem alguma coisa de alcachofra ?
E muito legal o posto sobre o Hawai. Você deveria continuar a série.

Odete disse...

Esse spaghetti tem gosto neutro so que de massa bem mais leve que o de trigo.
O tuberculo, nao tem a menor semelhanca com a alcachofra. Em natura eh bastante semelhante ao gengibre. Cru, tem o gosto parecido ao da Jicama e cozido eh como batata na consistencia e gosto um misto batata e turnips. Vai muito bem em receitas de "casaroles".
E bastante rico em ferro, razao pela qual estou a consumi-los neste momento.

Obrigada a todos

Gina disse...

Oi, Odete. Mais um ingrediente que não conhecia. Essa é uma boa razão para navegarmos pelos blogs.
Bjs.

Vivian disse...

nossa, uma verdadeira aula de história dos alimentos. Fiquei curiiosa pra provar.
bj e bom fds

Luciana Macêdo disse...

Gostaria muito de experimentar esta massa. Não conhecia este tubérculo. Bem interessante.
Também sou curiosa, um pouco medrosa em arriscar, mas vou em frente.Hoje descobri uma massa seca azul,linda, não é corante. Comprei um pacote, vamos ver o que acontece.
Bjs!

Tânia Saj disse...

Curiosa que sou por ingredientes novos, adorei conhecer mais este (pelo menos virtualmente). Espero encontrá-lo qualquer dia ao vivo!
Ah, e o prato ficou show!
Bjs

Nani disse...

Adoro pratos de massa, agora as alcachofras de Jerusalém não conheço, mas conheço as alcachofras normais, bom fim de semana, bjs

Natural Naturalmente disse...

Odete.
Não faço ideia do gosto do spaghetti, mas que ficou super apetitoso ficou com certeza.
Boa semana
Márcia

Glau disse...

Odetinha, que maravilha! adoro tudo que vem da alcachofra, não conhecia estas de Jerusalem.

Bjo grande, Glau

historias na cozinha disse...

Eu também já gosto de uma novidade... sempre estou procurando coisinhas novas no supermercado, mas é gostoso, né ? Beijocas a vc, Célia.

monica disse...

Eu não resisto a um bom prato de massa e esta deu-me água na boca!
Beijinhos

Elba disse...

Nem imagino o que seja esse tubérculo...
Mas parece delicioso e a foto está linda.
À propósito...você me ensina a tirar fotos lindas assim?
Beijo!

Mel disse...

Que maravilha essa receita Odete, pena que por aqui alcachofra é caaaarooo! Aí pra usar só de vez em quando...

Parabéns pelo blog e brigadão pela visita no cinderelasdeapartamento.